Sem azedar a alma

Como precisamos imitar o José de Deus. Uma pessoa que soube lidar com os traumas e abandonos da vida sem azedar a alma. O nome de Manassés é: Deus me fez esquecer de todo meu trabalho. Efraim: Deus me fez prosperar sobre a terra da minha miséria. Deus reverteu o veneno mortífero diante da dor e abandono que José sofreu diante dos seus irmãos. Ele considera tudo o que passou como algo divino, como o cumprimento da vontade de Deus. Quando ele se revela aos seus irmãos, afirma: Para preservação da vida é que Deus me enviou adiante de vós. 
A confiança de que Deus está acima do mal que os seus irmãos lhe fizeram, torna possível suportar e suplantar o que aconteceu com ele no passado. José mostra que o seu relacionamento com Deus é efetivo e o impulsiona a ter uma resposta de perdão, graça e amor para com todos aqueles que o feriram profundamente na alma. 
Somos convidados a agir assim também como José, a amar e perdoar aqueles que nos feriram, nos abandonaram, nos magoaram, nos deixaram para trás, nos humilharam e nos ofenderam de alguma maneira. Deus nos chama para tratar as pessoas que nos ofenderam com a graça dele. José fez isso e foi um instrumento da graça para salvar sua família e dar continuidade no plano de redenção eterna! Que sejamos graciosos e amorosos na vida! (Alcindo Almeida).

Comentários

Postagens mais visitadas